Cultura

Senado Reconhece Festival Folclórico de Parintins como Patrimônio Cultural do Brasil

Em uma sessão histórica realizada nesta quarta-feira, 10 de julho de 2024, o Senado Federal aprovou por unanimidade o projeto de lei que reconhece o Festival Folclórico de Parintins como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A decisão foi celebrada por parlamentares, artistas, e moradores do Amazonas, que veem o reconhecimento como um importante marco na preservação e valorização da cultura regional.

Importância Cultural e Histórica

O Festival Folclórico de Parintins, realizado anualmente na cidade de Parintins, no Amazonas, é um dos eventos culturais mais emblemáticos do país. Conhecido por seu colorido e vibrante espetáculo, o festival reúne os bois-bumbás Caprichoso e Garantido em uma competição que celebra as tradições, lendas e folclore da Amazônia. Com mais de 50 anos de história, o festival atrai milhares de turistas de todas as partes do Brasil e do mundo, contribuindo significativamente para a economia local.

Debate e Aprovação no Senado

O projeto de lei foi amplamente debatido nas comissões de Cultura e Educação do Senado antes de ser levado ao plenário. Durante as discussões, senadores destacaram a relevância do festival para a identidade cultural brasileira e sua importância na promoção da diversidade e do patrimônio imaterial do país.

“Reconhecer o Festival de Parintins como Patrimônio Cultural do Brasil é um passo fundamental para assegurar a preservação de nossas tradições e valorizar a riqueza cultural da região amazônica,” afirmou a senadora Maria Silva (AM), uma das principais defensoras do projeto.

Repercussão em Parintins e no Amazonas

A notícia foi recebida com entusiasmo em Parintins, onde a população celebrou nas ruas com música, dança e apresentações dos bois Caprichoso e Garantido. Para os parintinenses, o reconhecimento oficial pelo Senado é um orgulho e uma vitória que reforça a importância do festival no cenário cultural nacional.

“A decisão do Senado é um reconhecimento do nosso esforço em manter viva a tradição e a cultura do nosso povo. Isso nos dá mais força para continuar promovendo e preservando nosso patrimônio,” declarou José Cardoso, presidente do boi Garantido.

Próximos Passos

Com a aprovação no Senado, o projeto de lei segue agora para a sanção presidencial. Espera-se que a oficialização traga ainda mais visibilidade e apoio ao festival, incluindo investimentos em infraestrutura e promoção turística, além de medidas de proteção para garantir a continuidade e autenticidade das manifestações culturais associadas ao evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *